domingo, 4 de abril de 2010

EPISÓDIOS DA SEMANA DE "ARQUIVO MORTO"


Acompanhe a sinopse dos episódios do primeiro ano de Arquivo Morto//Cold Case que serão exibidos nesta semana, de 05 a 09/04, às 21h no SBT.

Segunda-feira – 05/04 – O Ten. Stillman, participou de um investigação há 24 anos que atormentou a vida de muita gente, principalmente porque não foi solucionado. Agora ele pede a Rush que tente solucioná-lo. Ela então reabre o caso de Tim Barnes, um garoto de 8 anos, que morreu de hiportemia após ser golpeado e desmaiar, em vinte e dois de janeiro de 1980. O culpado pode ser quem mais se mostrou cooperativo.

Terça-feira – 06/04 – Lily agora investiga a morte de Sadie Douglas, negra e aparentemente uma prostituta em 1939. Sua neta procura o departamento, para que investigem a causa
de sua morte. Ela autoriza a exumação do corpo, o que traz vestígios da pele de alguém que era muito próximo de Sadie. Ela tinha um grande amor (proibido, pois ele fazia parte de um grupo que apreciava a supremacia branca) e ele é o principal suspeito.

Quarta-feira – 07/04 – Rush e Valens reabrem um caso de 1958, “o garoto da caixa”. É deixada a mala do garoto com seus pertences e assim acham evidências para chegarem até o orfanato onde o garoto viveu. Eles descobrem que as freiras liberavam suas crianças para experimento do governo (com radiação) e que uma delas poderia ter sido uma vítima fatal.

Quinta-feira – 08/04 – Lilly e Valens descobrem um corpo com balas, nos destroços de uma boate, chamada “The Bell”, que fora incendiada em fevereiro de 78, onde 22 pessoas
morreram. Agora com mais uma vítima na lista e a suspeita de que foi assassinada antes do incêndio, eles correm atrás dos que sobreviveram.

Sexta-feira – 09/04 – A ossada de um casal é encontrada num terreno com entulhos. Lilly e Valens tentam identificar os corpos e descobrem que as vítimas eram voluntários em um projeto chamado “Jane” – uma clínica de aborto – em 69 e isso poderia ser o principal motivo para serem assassinados.

Sobre a série:
A série “Arquivo Morto”, título que ganhou no Brasil, tem como personagem principal a detetive Lilly Rush (Kathryn Morris, do filme “Minority Report”), única mulher na equipe de homicídios da polícia da Filadélfia. Sua missão é cuidar dos arquivos mortos, ou seja, de crimes que nunca foram resolvidos. Utilizando nova tecnologia, ela interroga testemunhas dos crimes e tenta encontrar novas pistas para chegar a uma solução. O problema é que seu trabalho acaba sempre abrindo novas feridas. Para desenvolver suas investigações, a detetive conta com o apoio de seu mentor, Lieutenant John Stillman (Finn), e do detetive Will Jeffries (Barry), uma de suas conexões com o passado. Em sua equipe também estão os detetives Nick Vera (Ratchford), especialista em arrancar confissões, e o arrogante Detective Scott Valens (Pino).

2 comentários:

Opine.