domingo, 31 de janeiro de 2010

Estréia a sétima temporada inédita de "Desaparecidos"


A partir desta Segunda, 01 de Fevereiro de 2010, o SBT exibirá os episódios inéditos da sétima temporada de "Desaparecidos" (Without a Trace)de Segunda a Sexta à partir de 01:30 da manhã, após "Pegadinhas Picantes". A série entra no lugar de Arquivo Morto que teve o último episódio da sexta temporada exibida na última sexta feira (29/01).

Desaparecidos é um drama sobre a Unidade de Pessoas Desaparecidas do FBI em Nova York. A missão dessa força especial é encontrar as pessoas desaparecidas utilizando avançadas técnicas de análise psicológica para desvendar os segredos das vidas das vítimas e encontrar o paradeiro delas, na tentativa de descobrir se elas foram assassinadas, sequestradas, cometeram suicídio ou fugiram. Cada caso é uma corrida contra o tempo e cada erro pode significar a perda de uma vítima. Enquanto trabalham em casos cada vez mais complicados, também terão de lidar com as complicações de suas vidas pessoais

Confira a sinopse dos episódios que serão exibidos nesta semana

Segunda-feira (01/02): Hoje é o primeiro dia de Clark Medina ocupando o lugar de Jack como chefe do departamento. Sem tempo para apresentações, eles investigam o desaparecimento de Ryan Mitchel que foi visto pela última vez perseguindo um homem na rua. Há 3 anos Ryan não consegue lidar com o desaparecimento sem solução de sua filha. Como até a polícia já havia desistido do caso, os detetives acreditam que reabrindo as investigações e seguindo as pistas da garota podem chegar até o pai.

Terça-feira (02/02): Sara Kent é uma executiva bem sucedida que foi peça chave para a venda da companhia onde trabalhava. O negócio garantiria um rendimento milionário a seus acionistas. Ao sair da festa de comemoração, sara é sequestrada. Ela se beneficiaria com a venda e, supostamente, este seria um bom motivo para o sequestro. As pistas são bem vagas, mas os agentes federais logo descobrem o envolvimento do sequestro em casos não resolvidos, traição e chantagem. Enquanto isso Jack divide seu tempo entre a solução do caso e a análise de uma boa proposta de emprego...

Quarta-feira (03/02): Alan reynolds cumpria 14 meses de prisão por fraude e foi convocado para testemunhar contra seu ex-sócio. No caminho, a viatura que o levava sofre um atentado e Alan é sequestrado. A princípio, o ex-sócio e os investidores que Alan prejudicou são os principais suspeitos, mas o depoimento de uma testemunha leva a crer que trata-se de uma fuga planejada. A grande questão é: porque Alan fugiria se estava a apenas 6 meses de sair em liberdade?

Quinta-feira (04/02): A equipe investiga o desaparecimento de Will Duncan, filho adolescente do agente Mark Duncan, da divisão de falsificação do serviço secreto. Logo pensa-se em retaliação devido ao trabalho do pai, mas descobrem que Will era responsável pela invasão do servidor da escola em um esquema de fraude nas provas. O curioso é que Will não as vendia, somente distrubuía levando a crer que a intenção era unicamente irritar seu pai. Mark escondia algo, mas Will também tinha seus segredos...

Sexta-feira (05/02): Ariana Murphy é uma psicóloga defensora de vítimas de traumas em crimes. Ela trabalhava em um caso de duplo homicídio e, depois disso, não foi mais vista. Em contrapartida a equipe se depara com mais um caso de desaparecimento. A pequena Madeline Ross, de 4 anos, foi sequestrada em um shopping e Medina convoca toda a equipe para este caso. Eles terão de correr contra o tempo para resgatar Mad, que está nas mãos de um pedófilo. Enquanto isso, Martin trabalha praticamente sozinho e quase sem recursos no caso de Ariana. Nesta hora questiona-se: até que ponto uma vítima é mais importante que a outra?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine.